Home / Imigração / Imigração Canadá – Como funciona o Express Entry?

Imigração Canadá – Como funciona o Express Entry?

Ainda não sabemos se tentaremos a imigração para o Canadá. Iremos morar por cerca de 3 anos, fazer intercâmbio, estudar inglês, cursar pós-graduação, trabalhar, e certamente, aplicar para o processo de imigração na hora apropriada, mas se ficaremos por lá só o tempo dirá. (continue aqui e até 2020 veremos!)

De qualquer forma, compartilhamos por ora algumas informações sobre o processo de imigração para o Canadá e pedimos que acompanhem as futuras atualizações do blog na categoria Imigração Canadá.

Processo de imigração para o Canadá

Para ficar claro, a primeira coisa que é importante frisar é que o Canadá é uma monarquia constitucional dividida em 10 províncias e cada uma delas possui regras próprias para quem deseja imigrar para o país. Contudo, há uma lei nacional, melhor referência para aplicantes brasileiros.

A província que mais aceita imigrantes é o Québec, mas é necessário ter domínio do idioma francês, mais falado nas cidades de Montréal, Laval e Québec, por isso o governo pede que o futuro residente permanente já ingresse na província falando francês.

Acesse o site www.immigration-quebec.gouv.qc.ca, com informações detalhadas de como funciona o processo de imigração para o Québec.

Como nós iremos morar em Vancouver, British Columbia, dei uma lida e recomendo leitura do site (em inglês) www.welcomebc.ca que fala um pouco sobre o processo de imigração para esta província.

Para mais informações acesse o site de imigração Canadá em www.secure.immigration.ca, porém evite preencher ou enviar o formulário sem antes estar realmente preparado (atrapalha o processo de imigração).

Express Entry: como funciona?

O Canadá é um país aberto aos imigrantes que pensam em construir uma vida nova no país, porém os processos de imigração mudam constantemente. Um dos motivos é a preocupação do governo em conceder a residência permanente e a cidadania canadense para quem pretende colaborar com o desenvolvimento da economia e trazer benefícios às pesquisas e avanços nos mais diversos campos.

O Express Entry é o formato atual (2015) que o governo canadense adotou para aprovar a residência permanente no Canadá para imigrantes que estão estudando e também querem trabalhar no país.

O novo processo de imigração para o Canadá teve início em Janeiro de 2015, quando o Citizenship and Immigration Canada (CIC) oficializou o novo sistema eletrônico de imigração (Express Entry).

A ideia do governo canadense é agilizar os processos de imigração em função de pontuação de skills e scores dos candidatos. Isso porque atualmente o Canadá necessita de profissionais qualificados.

– Melhores áreas e profissões com emprego no mercado de trabalho Canadense.

O novo Express Entry irá recrutar candidatos aos programas federais de imigração em três programas:

  • Federal Skilled Worker Program
  • Federal Skilled Trades Program, ou
  • Canadian Experience Class

Algumas províncias e territórios também podem selecionar candidatos de acordo com as oportunidades de emprego e mercado de trabalho local.

O legal do sistema Express Entry (2015) é que, com ele, os empregadores conseguem acessar o perfil e currículo de profissionais qualificados com as habilidades e pontuações desejáveis para as vagas de trabalho concentradas no excelente site e fonte de pesquisa de vagas – Bank Jobs Canadá.

Express Entry: primeiros passos

O primeiro passo é o preenchimento do formulário online no site do governo canadense. Caso seja aceito, você receberá um convite da imigração para dar entrada à solicitação de residente permanente no Canadá, o que seria o visto de imigrante com plenos direitos de cidadão canadense.

A importância de estar preparado para dar início ao processo de imigração é que somente as pessoas com pontuação máxima acima da média que seguirão para a imigração.

Vale lembrar que os processos de imigração estão sempre mudando, mas o governo canadense busca sempre a melhoria para todos envolvidos. O importante para quem deseja imigrar é estar com o inglês fluente e buscar qualificações onde estiver morando, seja estudando ou trabalhando.

O Express Entry envolve duas etapas:

Passo 1 – Perfil online para o Express Entry

É necessário preencher formulário online focando em todas as suas habilidades e competências na área em que se destaca como:

  • habilidades profissionais;
  • experiência de trabalho;
  • domínio em inglês e / ou francês; e
  • nível educacional;

Os candidatos aprovados serão submetidos ao pool of candidates (piscina do Entry Express) a fim de receber o convite para imigrar para o Canadá de acordo com a pontuação e nota de corte das chamadas para o visto de imigrante.

O Convite do Citizenship and Immigration Canada (CIC) irá convidar os aprovados e promete processar as aplicações dentro de 6 meses.

Os futuros imigrantes receberão o convite para a residência permanente logo que atingirem a pontuação necessária de acordo com alguns requisitos de oferta de trabalho válido de um empregador canadense, nível de proficiência em inglês e / ou francês, currículo e experiência profissional, formação, idade, etc.

– Leia as informações completas no site do Citizenship and Immigration Canada www.cic.gc.ca.

Parte 2 – Ranking do Express Entry

A pontuação máxima do Express Entry é de 1.200 pontos, sendo a distribuição dos pontos dividida de várias formas, em alguns 2 núcleos:

Núcleo 1 – Habilidades e Experiência (600 pontos)

Neste núcleo de pontuação, o candidato solteiro pode atingir até 500 pontos no máximo. Já o candidato casado pode somar no máximo 460 pontos. Neste núcleo, pontua de acordo com a idade, nível educacional, domínio de idiomas e experiência de trabalho no Canadá.

  • Perfil 1 – Solteiro (aplicando sozinho)
  • Perfil 2 – Casado
  • Perfil 2 – Cônjuge
Pontuação máxima nesse núcleo: 500 pontos Idade: 110 pontos possíveis Nível educacional: 150 pontos possíveis Domínio Inglês e / ou Francês (língua principal): 136 pontos possíveis Domínio Inglês e / ou Francês (língua secundária*): 24 pontos possíveis Experiência prévia de trabalho no Canadá (caso aplicável): 80 pontos possíveis
Pontuação máxima nesse núcleo: 460 pontos Idade: 100 pontos possíveis Nível educacional: 140 pontos possíveis Domínio Inglês e / ou Francês (língua principal): 128 pontos possíveis Domínio Inglês e / ou Francês (língua secundária*): 22 pontos possíveis Experiência prévia de trabalho no Canadá (caso aplicável): 70 pontos possíveis
Pontuação máxima nesse fator: 40 pontos Pontuação referente ao perfil do esposo (a) do aplicante principal: Nível educacional: 10 pontos possíveis Domínio Inglês e / ou Francês: 20 pontos possíveis Experiência prévia de trabalho no Canadá (caso aplicável): 10 pontos possíveis

Observação: Habilidades transferíveis (Skill Transferability Factors)

É uma forma de aumentar a pontuação neste núcleo. A pontuação máxima aqui é de 100 pontos, válida para solteiros e casados. Neste núcleo ajuda muito uma pós graduação no Canadá (máximo de 50 pontos) e também experiência de trabalhado no Canadá e domínio de outras línguas (50 pontos).

Núcleo 2 – Oferta de trabalho por empregador no Canadá

Esta é a pontuação que praticamente garante que você consegue imigrar para o Canadá. Com uma oferta de trabalho, você ou seu cônjuge pontua 600 pontos e estarão muito próximos de imigrar para o Canadá, porém há especialistas que dizem que é uma chance de 20%. Ou seja, o foco deve ser garantir os pontos do núcleo 1 ao máximo.

Pontuação do Entry Express

  • Fator Idade (solteiro)
  • casados
17 anos: Zero pontos 18 anos: 99 pontos (solteiro) 19 anos: 105 pontos De 20 a 29 anos: 110 pontos 30 anos: 105 pontos 31 anos: 99 pontos 32 anos: 94 pontos 33 anos: 88 pontos 34 anos: 83 pontos 35 anos: 77 pontos 36 anos: 72 pontos 37 anos: 66 pontos 38 anos: 61 pontos 39 anos: 55 pontos 40 anos: 50 pontos 41 anos: 39 pontos 42 anos: 28 pontos 43 anos: 17 pontos 44 anos: 06 pontos 45 anos ou mais: 0 pontos
17 anos: Zero pontos 18 anos: 90 pontos 19 anos: 95 pontos De 20 a 29 anos: 100 pontos 30 anos: 95 pontos 31 anos: 90 pontos 32 anos: 85 pontos 33 anos: 80 pontos 34 anos: 75 pontos 35 anos: 70 pontos 36 anos: 65 pontos 37 anos: 60 pontos 38 anos: 55 pontos 39 anos: 50 pontos 40 anos: 45 pontos 41 anos: 35 pontos 42 anos: 25 pontos 43 anos: 15 pontos 44 anos: 05 pontos 45 anos ou mais: 0 pontos
  • Fator nível educacional (solteiro)
  • casados
Colegial incompleto: Zero pontos Colegial completo (high school): 30 pontos Curso pós-secundário de 1 ano (‘post-secondary program credential’): 90 pontos Curso pós-secundário de 2 anos (‘post-secondary program credential’): 98 pontos Curso pós-secundário de 3 anos ou mais (‘post-secondary program credential’): 120 pontos Dois ou mais cursos pós-secundários (sendo que pelo menos um curso tenha sido de duração de 3 ou mais anos): 128 pontos Nível Mestrado: 135 pontos Nível Doutorado: 150 pontos
Colegial incompleto: Zero pontos Colegial completo (high school): 28 pontos Curso pós-secundário de 1 ano: 84 pontos Curso pós-secundário de 2 anos: 91 pontos Curso pós-secundário de 3 anos ou mais: 112 pontos Dois ou mais cursos pós-secundários (mais de 3 anos): 119 pontos Nível Mestrado: 126 pontos Nível Doutorado: 140 pontos
Pontos com idiomas

Neste item, os candidatos podem atingir até 160 pontos (soteiros) e 150 (casados), de acordo com o nível de proficiência e conhecimento do inglês e francês em reading, writing, speaking and listening.

Pontos com experiência de trabalho no Canadá

Neste item, os candidatos podem atingir até 80 pontos (solteiros) ou 70 pontos (casados), variando entre 1 até 5 anos de experiência.

Pontos extras para casados

O nível educacional do cônjuge, domínio de outros idiomas e experiência de trabalho soma até 40 pontos a pontuação do casal que pretende imigrar para o Canadá.

Há alguns sites e blogs que são referência neste assunto e que já li muita coisa e acho que vale a pena pesquisar no www.canadaparabrasileiros.com e o www.immi-canada.com.

A boa notícia para quem deseja fazer a imigração Canadá é que o Express Entry certamente facilitará a vida do imigrante, tornando mais mais rápido e eficiente todo o processo para os imigrantes melhor qualificados. Portanto, a dica é estudar e trabalhar muito.

Foto: Dennis Jarvis

5 comments

  1. Olá, ótimo post fez um resumo legal do que tem no site do Express Entry.
    Eu nas minhas infindáveis pesquisas lendo sobre Express Entry resolvi fazer minha pontuação e verificar onde eu me enquadro… sendo da área de TI, trabalhando a mais de 4 anos na área e tal tudo indica que eu me encaixe no Federal Skill Worker, mas cai numa dúvida quando comecei a ler no site do Canada sobre o FSW, no quesito Six selection factors!
    Não consegui entender a qual pontuação eu tenha que atingir a do EE ou do FSW Six Selection… já que no Express Entry pontua de uma forma e o Six selection factors de outra!

    Consgues me explicar?

    Obrigada e parabéns pelo site!

    • Oi, passando aqui na página e vi seu comentário, apesar de já ser antigo gostaria de saber se já possui a resposta, rs..
      Pelo que eu li, vc precisa se qualificar para o EE em seguida pode optar por um dos programas federais e ai conseguir a pontuação no outro programa também.

  2. Olá!!
    Obrigado pelo comentário no Blog, (Williamrumoaocanada.blogspot.ca)

    Adorei o seu site, cheio de informações úteis!!!

    abraços!!

  3. Eu quero mora no Canada como agente faz

  4. Eliseu Gabriel da Silva

    Eu quero morar no Canada, qual a melhor maneira de se realizar este projeto?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*